Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A voz do silêncio

A voz do silêncio

O meu maior medo


Alala

16.04.19

Sad-rain-wallpaper-android.jpg

 

Não sei quando aconteceu, qual foi o exato momento em que te perdi... Tinha uma admiração tão grande mas tão grande por ti. O teu sangue também corre em mim e quando choras eu sinto. Agora sinto um frio imenso quando te olho nos olhos. Já não tens o brilho que te caraterizava. Olhos azeitona meios esverdeados , um olhar puro, doce...por vezes desconfiado mas aquecia qualquer coração.

 

O dia em que desapareceste, o meu mundo desabou. Chovia tanto e estava tanto frio. Foram noites seguidas sem dormir, perdi uns anos de vida e isso notava-se em mim. Queria esconder o que sentia mas a minha tristeza era evidente. Fiz tudo o que podia para te encontrar. Parecia uma maratonista, corria tanto contra o tempo à tua procura e não deixaste o mínimo rasto. Deixei-te mensagens, liguei-te e tinhas o telemóvel desligado. Tive um acidente de carro, fiquei desorientada...senti-me no limite de tudo o que seria razoável.

 

E sabes, o que mais me moía era não me teres pedido ajuda. Não me teres dito nada. Fiquei tão triste... e ao mesmo tempo com tanto medo mas tanto...Ninguém me percebia , só me diziam que não podia fazer nada. Foi nesse momento que me transformei e a minha delicadeza com as pessoas deixou de existir. Estava tão sozinha nessa procura... Eu sabia que algo de muito errado poderia acontecer se não te encontrasse. Era um caso de polícia. Não te podia perder... 

Fiquei tão confusa. Não queria acreditar no que me diziam. Só confiava em ti e nesse momento nem em ti podia confiar porque nada fazia sentido.

 

Quando te encontraram foi um misto de emoções, de joelhos no chão chorei , chorei sem parar...e agarrei-te como se fosse a última vez que iria estar contigo. Não consegui proferir uma única palavra. Permaneceste imóvel a tudo. Estavas vivo e por isso nada mais importava , o meu maior medo dissolveu-se naquele momento.

 

 

 

Primeiro jejum


Alala

11.04.19

Eu que sou aquela pessoa que está a almoçar e já está a pensar no que vai ser o jantar, decidi iniciar o meu jejum e fi-lo das 21h da noite anterior até as 13h do dia de hoje. Ou seja saltei o pequeno almoço basicamente. Não foi assim tão difícil confesso. Claro está que enchi o meu estômago de água!!! Só naquela de o confundir bocadinho.. Sinto-me bem. Curiosamente com mais energia e boa disposição. Vou desintoxicar o meu lindo organismo e espero ufruir de todos os benefícios que dizem existir quando se pratica o jejum.

Aqui está a foto do meu almoço de hoje.. 

received_302211253898996.jpeg

 

Só por brincadeira...


Alala

10.04.19

Do que já leste aqui no meu blog como me descreverias?

Hoje dei comigo a pensar nisto. Geralmente tiramos ilações de pessoas através da forma como se vestem, da linguagem não verbal, dos amigos mais próximos...Nem sempre são as mais corretas mas é inevitável fazê-lo. Mas e aqui? Será possível descrever alguém pela forma como escreve?Os temas que escolhe?As imagens que coloca?As músicas... 

Desafio-te a fazê-lo caso tenhas vontade! Como é a Alala?

 

images (1).jpg

 

 

 

 

Os bons malandros


Alala

07.04.19

Abri um livro ao acaso para ver o que me saí-a na rifa...

 

"Tigres ou gatos mais ou menos domésticos, o que todas queremos é um homem a sério, portanto, há que tratá-los como tal. As armadilhas também foram feitas para os humanos, é bom vê-las de longe para não cair nelas" 

 

Nao poderia estar mais de acordo... Todas queremos  um homem a sério ou quanto muito um bom malandro. Um homem que nos conquiste pelo seu coração,  pelas suas atitudes e que ao mesmo tempo saiba seduzir. Que tenha caráter, que não seja demasiado bonito e que nos ame para toda a vida. Digo que não seja demasiado bonito pois perderia o seu encanto. A beleza também está nos traços imperfeitos e é nesses traços que encontramos o "je ne sais quois" que nos fascina. E para vocês o que é um bom malandro? 

5f0ad3d10e16f2cbce2eb02011732c51.jpg

 

Eu e a dieta do dia seguinte


Alala

06.04.19

Ontem tinha consulta marcada no médico de familia, achei que precisava de um check up e fui lá. Entrei, dei duas de treta com o médico,  mediu-me a tensão arterial e eis que ele se lembra de que deveria subir à balança. A minha reação foi tipo "nem pensar eu já sei quanto peso  não há necessidade doutor acredite" . Nisto vejo que achou piada à situação e pergunta-me se o peso se mantinha desde a última consulta e eu respondi que não. Teria aumentado. Incrédulo pergunta se ando a comer muitos chocolates ou bolos... Limitei-me a dizer que não ia arranjar desculpas e que de certeza não engordei assim tanto por respirar demasiado. O meu problema não são os chocolates mas sim tudo. Hoje vou comer até rebolar e amanhã faço dieta e recupero tudo pensava eu.. Só que não.. Não recupero nada e como fico triste depois entro num ciclo vicioso do qual não consigo sair e como para compensar. Descrevo isto tudo como fome emocional. A minha sorte é que nunca fui gordinha. Hoje em dia sou assim mais tipo corpo violão mas não um talvez dois violões 🤣. Chega! Isto tem de acabar. E pronto vou começar a fazer jejum intermitente.. Instalei uma aplicação "body fast" e bora lá fazer isto em condições. Vamos ver como corre. Vocês o que fazem para emagrecer?

IMG-20190315-WA0003.jpg

 

 

 

Ei a Alala vai fazer uma tatoo


Alala

04.04.19

IMG_20190404_162157.jpg

Nunca gostei de tatuagens e nunca pensei fazer uma...Fica a dica "Nunca digas nunca!"

Onde? Nas costas, sim vai ser nas costas!Acho muito sexy! 😏Só ainda não sei bem o que quero tatuado no corpo pois para além de bonito quero que tenha um significado para mim. E as dores? Grrrr até me arrepio só de pensar. Um dia destes partilho convosco. E vocês têm alguma? Querem partilhar comigo a vossa experiência?

 

Schizophrenia /Esquizofrenia


Alala

03.04.19

They say I see things that don't exist...they can't see him... It's their defect...

Há tanto a dizer sobre isto e tão pouco conhecimento para o fazer. És tu a querer convencer-me que o tens e eu a duvidar do que me dizes. Numa luta interior tão grande que não sei mais o que separa a tua realidade da minha. Quero abraçar-te e voltar a ver-te sorrir, quero permanecer assim presa a ti para não te perder. Agarro-me ao que foste e ao que representas para mim mas dizes-me que é perda de tempo e eu sufoco de tristeza por não te poder ajudar. Não choras, não ris, não falas, não sais do teu quarto, não sais de ti mesmo. Porquê? Quando é que tudo começou? 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D